Não guarde, meu amigo!

mao_discolivros.gifEspiritismo é caridade em movimento.
Não converta o próprio Lar em Museu.
Utensílio inútil em casa será utilidade na casa alheia.

- O desapego começa das pequeninas coisas e o objecto conservado, sem aplicação no recesso da moradia, explora os sentimentos do morador.
A verdadeira morte começa na estagnação.
Quem faz circular os empréstimos de Deus, renova o próprio caminho.
- Transfigure os apetrechos que lhe sejam inúteis, em forças vivas do bem.
- Retire da despensa os géneros alimentícios, que descansam esquecidos, para distribuição fraterna aos companheiros de estômago atormentado.
- Transforme em património alheio os livros empoeirados que você não consulta, endereçando-os ao leitor sem recursos.
- Examine a bolsa, dando um pouco mais que o simples compromisso da fraternidade, mostrando gratidão pelos acréscimos da Divina Misericórdia, que você recebe.
- Elimine do mobiliário as peças excedentes, aumentando a alegria das habitações menos felizes.
- Revolva os guardados em gavetas ou porões, dando aplicação aos objectos parados, de seu curso pessoal.
- Reviste o guarda-roupa, libertando os cabides das vestes que você não use, conduzindo-as aos viajantes da estrada.
- Estenda os pares de sapatos que lhe sobram, aos pés descalços que transitam em redor.
- Ofereça ao irmão comum alguma relíquia afectiva de parentes e amigos, ora na Pátria Espiritual, enviando aos que partiram maior contentamento com tal gesto.

Renovemos a vida constantemente, cada ano, cada mês, cada dia...
Previna-se hoje contra o remorso de amanhã.
O excesso de nossa vida cria a necessidade do semelhante.
Divulgue o livro nobre; Aplaque a fome alheia; Enxugue lágrimas.

Quando buscamos a intimidade do Senhor, os valores mumificados em nossas mãos ressurgem nas mãos dos outros, em exaltação de Amor e Luz para toda a criatura de Deus.
----------------
3/’9/2004
André Luiz / Franci

LauraBM às 15:55 | E custa, comentar neste blog?
TAGS = temas do blog (Clique em cima):