Escola do Universo-Ossetia

crianca-bracossoldado.jpg
Texto inspirado nas invasões inconsequentes da escola em Ossétia, Rússia.
«Face negra do terrorismo à escala mundial».

*Vinde a mim as criancinhas*! Vinde.
Deixa que eu acalante seus sonhos mais infantis.
Deixa que eu seque seus olhinhos e acalme os seus temores.
Aqui há um parque de amor onde o sorriso é o principal brinquedo.

Mesmo que invadam as escolas e matem os pequeninos,
Eu vos acolho e acolho os seus pesadelos.
Porque o simples e o humilde brincam de Deus no pátio do Universo.
Porque as crianças reflectem as estrelas do Firmamento.

Nem que as bombas detonem a ignorância.
Mesmo que o mais sanguinário dos homens não tivesse a infância da alma.
Nem que todos os terroristas da Terra sejam órfãos de filhos.
As crianças são flores a enfeitar o Meu Jardim.

As sombras invadiram a escola, todavia não aprenderam nada de luz.
São cegos das letras, seus cadernos estão manchados de sangue
e seus espíritos são quadros negros.criancamorta_pai.jpg
Vinde a mim as criancinhas! Vinde.

Aqui todas as feridas são curadas e tudo vira brincadeira de roda.
A dor verte em ternura e o domínio em protecção de Pai e Mãe.
E mesmo depois de silenciarem as bocas e lacrimejarem os olhos,
Eu Vos acolho porque assim sempre foi, é e será!...

* citação do Mestre Jesus
---------------------
8/08/2004
Por Maurício Santini

LauraBM às 17:55 | E custa, comentar neste blog?
TAGS = temas do blog (Clique em cima):