PENSAMENTO:

Concedei-nos, Senhor, serenidade p/aceitar as coisas que não podemos modificar,

coragem p/modificar as que podemos e sabedoria p/distingui-las!

==============================

05
Jan 14

Pensem sempre positivo

LauraBM às 23:32 | E custa, comentar neste blog?
TAGS = temas do blog (Clique em cima):
05
Jan 13

Plantar e colher

LauraBM às 23:28 | E custa, comentar neste blog?
TAGS = temas do blog (Clique em cima):
05
Jan 12

Abraço

LauraBM às 23:13 | E custa, comentar neste blog?
TAGS = temas do blog (Clique em cima):
10
Jan 11

Vigiar o n/comportamento

LauraBM às 18:02 | E custa, comentar neste blog?
TAGS = temas do blog (Clique em cima):
10
Jan 10

Não guarde, meu amigo!

mao_discolivros.gifEspiritismo é caridade em movimento.
Não converta o próprio Lar em Museu.
Utensílio inútil em casa será utilidade na casa alheia.

- O desapego começa das pequeninas coisas e o objecto conservado, sem aplicação no recesso da moradia, explora os sentimentos do morador.
A verdadeira morte começa na estagnação.
Quem faz circular os empréstimos de Deus, renova o próprio caminho.
- Transfigure os apetrechos que lhe sejam inúteis, em forças vivas do bem.
- Retire da despensa os géneros alimentícios, que descansam esquecidos, para distribuição fraterna aos companheiros de estômago atormentado.
- Transforme em património alheio os livros empoeirados que você não consulta, endereçando-os ao leitor sem recursos.
- Examine a bolsa, dando um pouco mais que o simples compromisso da fraternidade, mostrando gratidão pelos acréscimos da Divina Misericórdia, que você recebe.
- Elimine do mobiliário as peças excedentes, aumentando a alegria das habitações menos felizes.
- Revolva os guardados em gavetas ou porões, dando aplicação aos objectos parados, de seu curso pessoal.
- Reviste o guarda-roupa, libertando os cabides das vestes que você não use, conduzindo-as aos viajantes da estrada.
- Estenda os pares de sapatos que lhe sobram, aos pés descalços que transitam em redor.
- Ofereça ao irmão comum alguma relíquia afectiva de parentes e amigos, ora na Pátria Espiritual, enviando aos que partiram maior contentamento com tal gesto.

Renovemos a vida constantemente, cada ano, cada mês, cada dia...
Previna-se hoje contra o remorso de amanhã.
O excesso de nossa vida cria a necessidade do semelhante.
Divulgue o livro nobre; Aplaque a fome alheia; Enxugue lágrimas.

Quando buscamos a intimidade do Senhor, os valores mumificados em nossas mãos ressurgem nas mãos dos outros, em exaltação de Amor e Luz para toda a criatura de Deus.
----------------
3/’9/2004
André Luiz / Franci

LauraBM às 15:55 | E custa, comentar neste blog?
TAGS = temas do blog (Clique em cima):
10
Jan 07

Dúvidas sobre Deus

Jamais duvidei da existência de Deus, Jeová ou que nome tenha.

Porém muitas vezes, olhando as barbaridades que ocorrem no mundo, sem que Ele as impeça, duvidei da bondade dele.

Que existisse, tudo bem. Que fosse bom, era outro assunto.

 

Entretanto agora, vendo o sorriso de minha netinha, tão ingénuo, me pergunto se adiantaria explicar a ela como funciona o mundo.

Beatrizs.dentes.jpgE então penso que o mesmo acontece com Deus em relação a nós. Somos os bebés da criação, muito infantis em relação a Ele.

Como iria nosso Criador explicar-nos as suas leis e desígnios?

Acho que o máximo que pode querer é que confiemos n´Ele, da mesma forma que confiamos em nossos pais.

Confiar que nos ama, mesmo que nos veja sofrer.

E pedir que abramos um doce e luminoso sorriso sempre que a situação permitir.

------------

7/02/2007

Ana Suzuki

LauraBM às 18:28 | E custa, comentar neste blog?
TAGS = temas do blog (Clique em cima):
10
Jan 06

Árvore da felicidade

arvore_felicidade.gif

LauraBM às 12:34 | E custa, comentar neste blog?
TAGS = temas do blog (Clique em cima):
02
Jan 06

MEDO DE QUÊ?

???

"Na vida, não existe nada a temer, mas a entender."
Marie Curie


O medo era meu companheiro constante, eu vivia com medo de perder o que tinha ou de não conseguir o que queria ter.
E se meus cabelos caírem?
E se eu não conseguir comprar a casa que eu quero?
E se eu engordar, ficar flácido e deixar de ser atraente?
E se eu tiver uma deficiência física e não puder jogar bola com o meu filho?
E se eu ficar velho, frágil e não tiver nada a oferecer aos que me rodeiam?

Mas a vida ensina a quem quer aprender e hoje eu sei.
Se meus cabelos caírem, vou ser o careca mais simpático e agradecer pelas ideias que a minha cabeça produzir, apesar da falta de cabelo.
Não é a casa que faz alguém feliz, um coração infeliz não se sente melhor em nenhuma casa, mas um coração em paz torna qualquer casa feliz.
Se eu dedicar mais tempo a me desenvolver emocional, mental e espiritualmente, em vez de só me preocupar com o físico, vou me sentir cada vez mais atraente.
Se uma deficiência física me impedir de ensinar meu filho a encestar uma bola, vai me sobrar tempo para ensinar-lhe a resolver os problemas da vida, o que é um aprendizado muito mais útil.
E se a idade for me roubando as forças, a agilidade mental e a resistência física, posso oferecer aos que conviverem comigo a força das minhas convicções, a profundidade do meu amor e a solidez espiritual de uma alma cuidadosamente esculpida pelas arestas de uma longa vida.
Se o destino me trouxer perdas e desilusões, vou enfrentar os desafios com dignidade e determinação, porque são muitas as dádivas de Deus e posso substituir cada dádiva perdida
por outras dez que eu nunca perceberia se a vida sempre fosse um mar-de-rosas.
Quando eu não puder mais dançar, vou cantar com alegria, quando não tiver mais forças para cantar, vou ouvir as músicas de que mais gosto.
Quando minha respiração for apenas um leve sopro, vou pensar nos meus entes queridos e meu coração vai se aquecer de amor.
E quando a luz mais brilhante se aproximar, vou rezar em silêncio e entrar nela.
Então terá chegado a hora de ir ao encontro de Deus e vou ter medo de quê?
------------------------
David L. Weatherford

TAGS = temas do blog (Clique em cima):
04
Jan 05

Problemas!

lapide_cinza.jpg Um dia eu estava descendo a rua quando vi o meu amigo George aproximando-se.
Era evidente pela sua aparência abatida que ele não estava cheio de alegria de viver, o que é um modo gentil de dizer que George estava um trapo.
Naturalmente, perguntei-lhe:
- Como vai George? - Embora essa fosse uma frase rotineira, George me levou muito a sério e durante 15 minutos falou sobre como se sentia mal. E quanto mais falava, pior eu me sentia. Finalmente, disse-lhe:
- Bem, George, lamento vê-lo tão deprimido. Como ficou assim?
Aquilo fê-lo falar ainda mais.
- São os meus problemas. Problemas, nada além de problemas. Estou cheio deles. Se você pudesse me livrar de todos, eu daria cinco mil dólares para a sua obra de caridade favorita.
Eu nunca recusaria uma proposta daquele tipo, por isso pensei muito e tive uma ideia que me pareceu bastante boa. Disse:
- Ontem, eu fui a um lugar onde moram milhares de pessoas. Até onde pude determinar, nenhuma delas tem problemas. Gostaria de ir lá?
- Quando podemos ir? Esse parece ser o tipo de lugar de que eu gosto, respondeu George.
- Se é assim, eu ficaria feliz em levá-lo amanhã ao Cemitério Woodlawn, porque as únicas pessoas que conheço que não têm problemas estão mortas.

Adoro esta história! Realmente dá uma visão da vida como ela é.
Ouvi Norman dizer muitas vezes: "Se você não tem problemas, previno-o de que corre grande perigo, está quase morto e não sabe disso!
Se acredita que não tem problemas, sugiro que fuja imediatamente de onde está, entre no seu carro e dirija para casa o mais rápida e seguramente possível. Quando chegar lá, vá directamente para o seu quarto e bata a porta. Depois se ajoelhe e reze:
"O que está acontecendo, Senhor? Não confia mais em mim? Dê-me alguns problemas."
-----------------------
(Ken Blanchard)

TAGS = temas do blog (Clique em cima):
10
Jan 04

Feita de segundos

relogiodespertar_amar.gifO rio das oportunidades passa com suas águas sem que retornem nas mesmas circunstâncias ou situação. Assim, o dia hoje logo passará e o chamaremos ontem, como o amanhã será em breve hoje, que se tornará ontem igualmente. E, sem que nos demos conta, estaremos logo chamando este ano que se inicia de ano passado e assim sucessivamente. Que todos possamos aproveitar muito bem o tesouro dos minutos na construção do amanhã feliz que desejamos, pois a eternidade é feita de segundos.

-----------------------------

www.momento.com.br

TAGS = temas do blog (Clique em cima):
02
Jan 04

Sua presença basta

suapresencabasta.jpg

TAGS = temas do blog (Clique em cima):